+55 11 2598-6805

Didger: ferramenta oferece digitalização e edição de mapas e imagens aéreas

[insert_php] echo get_the_date(); [/insert_php]

Os engenheiros, arquitetos e urbanistas que trabalham continuamente com georreferenciamento precisam contar com boas ferramentas de digitalização para tornar suas análises de mapas, fotografias e gráficos mais eficientes.

Ao migrar grandes desenhos impressos para a tela do computador, esses profissionais conseguem personalizar seus projetos e identificar os detalhes necessários para tornar as análises completas e precisas.

Entre os softwares existentes no mercado para realizar a digitalização desses materiais está o Didger, desenvolvido pela Global Software e comercializado pela L3 Software.

 

Conheça as funcionalidades de digitalização do Didger

O Didger é um software que transforma mapas, imagens, fotografias aéreas, gráficos e registros em papel em formatos digitais. Em poucos segundos, a ferramenta faz a digitalização de linhas, pontos e áreas em arquivos facilmente manipuláveis para verificação e edição.

O formato digital criado pelo Didger é versátil e pode ser usado com outros softwares.  Além disso, suporta diferentes formatos de arquivos, entre eles TIF, DXF, SHP e XLXS.Didger e qualquer tipo de exportação.

São três tipos de digitalização possíveis na ferramenta: a automática completa (extrai linhas e polígonos das imagens), manual na tela (na qual o sistema permite desenhar objetos com o mouse para digitalizar a imagem) e de tablet (digitalização de imagens impressas usando qualquer digitalizador compatível com Wintab32).

 

Digitalização e customização de georreferenciamento

A partir do desenho digitalizado, é possível criar e reprojetar sistemas de coordenadas customizados e unidades lineares personalizadas.

A ferramenta ainda permite que o profissional faça diferentes análises da digitalização. Para isso pode calcular áreas e distâncias, remodelar e criar polilinhas e polígonos, conectar polilinhas para dividir ilhas ou ainda redimensionar e recortar imagens.

O sistema ainda possui 2.500 sistemas de coordenadas pré-definidos, mais de 80 elipsoides e 45 unidades lineares pré-definidas.

Vale lembrar que, com o Didger o profissional pode criar mapas do zero ou editar qualquer tipo de mapa, imagem ou conjuntos de dados. Basta importar para a ferramenta e personalizar conforme as necessidades do projeto.

Com uma interface simples, o software permite deslocar recursos em qualquer direção com operações matemáticas e deformar imagens para eliminar distorções. Ao todo, são 10 diferentes métodos de transformação espacial.

LEIA MAIS: Que tipo de software facilita o trabalho dos geotécnicos?

Para conhecer melhor todos recursos de digitalização e edição do Didger, procure os consultores da L3 Software. A empresa fundada em 2014 é especializada em licenciamento de softwares e possui parcerias com os principais fabricantes do mercado, alguns deles com distribuição exclusiva no Brasil.

Com atendimento de qualidade e a busca pela plena satisfação do cliente, a equipe da L3 se faz presente durante todo o processo: desde a busca pelo software ideal até a realização de testes, homologação, compra e implementação de soluções.

Para conhecer todos os produtos e serviços da L3 Software, entre em contato pelo telefone (11) 2598-6805 ou pelo email contato@l3software.com.br.

Fale conosco

Mais notícias