+55 11 2598-6805

Red Hat Enterprise Linux: um sistema operacional livre e seguro ao mesmo tempo

Sistema Operacional RedHat

Uma boa performance da equipe de TI começa com um sistema operacional seguro e de fácil usabilidade.

Milhares de dados são gerados todos os dias e precisam ser bem trabalhados e armazenados, a fim de evitar perdas ou ataques e alinhar a empresa com as determinações da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A escolha do sistema operacional, que é a base de todos os programas utilizados nos computadores, notebooks e dispositivos móveis, pode influenciar na performance das atividades das equipes de TI. Às vezes, são necessários equipamentos robustos para suportar tanto o sistema operacional quanto as aplicações.

Um dos sistemas operacionais disponíveis no mercado é o Linux, uma plataforma livre que pode dividir opiniões. Isso porque os softwares livres ainda são temidos por muitos profissionais por questões relacionadas à segurança e suporte.

E, sabendo disso, o Red Hat Enterprise Linux (RHEL), sistema operacional licenciado da Red Hat, veio para mudar este pensamento enraizado e oferecer novos conceitos de segurança e possibilidades de execução de tarefas.

A plataforma atende aos mais diferentes segmentos e todos os portes de empresas.

 

Por que é importante ter uma licença se o RHEL é um sistema operacional livre?

Com base nos conceitos de um software livre, o usuário interessado faz o download, executa, mas não tem o aporte de uma equipe especializada do fabricante para a solução de problema e esclarecimento de dúvidas. É necessário buscar auxílio constantemente na internet por conta própria para descobrir atualizações importantes.

Estes processos são onerosos, porque é preciso manter uma equipe para buscar na internet as soluções para os mais diferentes problemas. A produtividade também fica comprometida em caso de paradas para atualizações e bugs, já que não há suporte técnico especializado.

Outro ponto a ser considerado é o da segurança. Uma grave perda de dados penaliza a empresa, que pode ter sua reputação fortemente arranhada por tempo indeterminado. Além disso, será necessário direcionar parte das finanças para solucionar o problema, comprometendo o negócio.

A partir do momento em que a empresa opta pelo sistema operacional Red Hat Enterprise Linux e paga pela licença, passa a ter um respaldo bem diferenciado e seguro do fabricante no que diz respeito à segurança e possíveis vulnerabilidades de sistema.

 

Diferenciais do Red Hat Enterprise Linux

Entenda por que é importante obter uma licença de um sistema operacional livre como o Red Hat Enterprise Linux:

Suporte técnico

Este é o diferencial número 1 deste sistema operacional. Ao contrário das ferramentas livres que são baixadas gratuitamente na internet, ao licenciar o RHEL a empresa possui suporte técnico em todas as versões, sem a necessidade de buscar auxílio extra para a solução de problemas.

Sistema operacional seguro

O Red Hat Enterprise Linux é altamente seguro. Não é à toa que as agências de segurança dos EUA utilizam 100% dos produtos da Red Hat. Além disso, cerca de 95% das instituições bancárias brasileiras trabalham com este sistema operacional.

Alinhamento com a LGPD

A chegada da Lei Geral de Proteção de Dados vem mexendo com o dia a dia das empresas que não possuem ferramentas adicionais para evitar perdas e invasões que comprometam a segurança de dados sensíveis. O RHEL já tem esta preocupação e foi desenvolvido de acordo com as novas determinações.

Possui licença transparente

Ao optar pela licença do sistema operacional, a empresa está totalmente coberta. Não é necessário efetuar pagamentos extras para implementar novas funcionalidades ou receber todas as atualizações necessárias para o bom funcionamento do software.

Não tem concorrência com aplicação

Isso quer dizer que o sistema operacional é leve e performa com alta velocidade, deixando praticamente 90% do espaço na máquina para que o usuário inclua suas aplicações, como ERP, banco de dados e TI.

Sistema híbrido

O RHEL é compatível com sistemas físicos, virtualizados e em nuvem, sendo que a transição de ambiente é facilitada, sem lock-in. A implementação varia de acordo com o jeito que a empresa deseja trabalhar.

A versão 8 do Red Hat Enterprise Linux traz outras novidades:

  • Plataforma visual, criando uma conexão mais intuitiva entre usuário e plataforma;
  • Hello World mais rápido e com acesso simplificado a ferramentas de desenvolvimento de código aberto;
  • Parceiro importante para os bancos de dados Oracle, SAP HANA, Microsoft SQL Server e Postgres;
  • Conta com o Red Hat Insights, ferramenta de auditoria que antecipa problemas.

 

L3 Software é parceira da Red Hat

Você pode conhecer todas as funcionalidades do Red Hat Enterprise Linux e outras ferramentas da Red Hat fazendo uma consultoria com a L3 Software, empresa parceira da marca no Brasil.

Fundada em 2014, L3 Software é especializada em licenciamento de softwares e possui parcerias com os principais fabricantes do mercado, alguns deles com distribuição exclusiva no Brasil.

Com atendimento de qualidade e a busca pela plena satisfação do cliente, a equipe da L3 se faz presente durante todo o processo: desde a busca pelo software ideal até a realização de testes, homologação, compra e implementação de soluções.

Para conhecer todos os produtos e serviços da L3 Software, entre em contato pelo telefone (11) 2598-6805 ou pelo email contato@l3software.com.br.

Fale conosco

Mais notícias
AnyDesk permite o acesso à informação de qualquer lugar

AnyDesk permite o acesso à informação de qualquer lugar

Em tempos de home office, o acesso à informação precisa ser cada vez mais facilitado. Sem a estrutura do ambiente de trabalho, o profissional precisa contar com ferramentas que facilitem a realização das atividades e a conclusão dos projetos. Entre os recursos que não...

ler mais
Como realizar um backup confiável em questão de horas

Como realizar um backup confiável em questão de horas

Os incidentes com perda de dados nas empresas brasileiras por falta de backup representaram um prejuízo de pelo menos R$ 5 milhões, somente em 2019. Esses dados, divulgados pela pesquisa “Cost of a Data Breach”, da IBM, coloca o país em quarto lugar em volume de...

ler mais
Open chat